Publicações Populares

Escolha Do Editor - 2019

Quatro tipos de jejum intermitente com os quais iniciar nesta prática

Quando falamos de jejum intermitente, dois pensamentos geralmente vêm à mente. O primeiro, é impossível suportar 16 horas sem comer! E o segundo, que loucura! Mas nenhuma dessas duas formas de pensar é verdadeira.

Embora você não acredite, praticar jejum intermitente é bastante fácil. É mais fácil ficar 18 horas sem comer do que controlar sua dieta, suas calorias e macronutrientes durante as 24 horas que você tem por dia. Por outro lado, mesmo que você não acredite, existem muitos estudos que confirmam que o jejum é bom para a nossa saúde.

Como um exemplo a destacar, que sempre sai quando se fala em jejum é o caso de Angus Barbieri Foram 382 dias sem comer. Durante esse período, ele só bebeu água e tomou um multivitamínico e, apesar da surpresa dos médicos que o supervisionaram, passou por todo esse período sem indicação de doença ou fraqueza.

Graças aos estudos que temos hoje, posso dizer que o jejum é seguro e pode ser praticado sem medo. Também demonstrou, entre outras coisas, ajudar você a perder peso sem prejudicar seu metabolismo ou desempenho esportivo e ser uma ajuda quando se trata de melhorar o diabetes tipo dois em vários estudos. Por tudo isto Propomos quatro métodos diferentes para você fazer seu primeiro jejum.

16 horas de jejum e 8 horas de alimentação. É o método mais simples e mais recomendado para começar com esta prática. Pense bem, no dia em que você passa 8 horas dormindo, onde não come e não vai para a cama comido recentemente. Você simplesmente teria que adiar a primeira refeição em cerca de seis horas e já alcançaria esse objetivo de 16 horas em jejum.

Apesar de sua simplicidade e facilidade na execução, Este método provou ser eficaz na redução da gordura corporal sem danificar a massa livre de gordura dos participantes deste estudo. Além disso, os participantes foram capazes de aumentar sua força corporal durante as 8 semanas do experimento.

Métodos como ganhos enxutos ou dieta renegada baseiam-se nessa estrutura de jejum e ambos são projetados com o objetivo de ganhar massa muscular limpa, embora cada um tenha suas peculiaridades.

Nesse caso, aumentamos o período de jejum até 20 horas deixando apenas quatro horas por dia em que podemos comer. No final, o normal com essa estrutura de jejum é fazer uma refeição ou, no máximo, duas.

Dietas como The Warrior Diet são baseadas nessa estrutura e prometem ser capazes de obter resultados sem controlar muito o que comemos. No final, com apenas uma refeição por dia, é bastante difícil gastar.

Ao contrário do que se pensa, uma recomendação do autor do método é deixar o período de alimentação (quatro horas) até o final do dia. Simplesmente faça um jantar mais contundente que o normal e, durante o resto do dia, podemos beber água, café sozinho ou chá.

Mesmo que seja o jejum mais longo da lista, não pense que é algo "extremo" e não, você não passará fome. Neste estudo, o apetite foi analisado durante 24 horas de jejum e, ao contrário do que parece, os indivíduos não ficaram com mais fome do que o normal.

Aparentemente como vemos no estudo, a grelina, o hormônio do apetite, sobe e desce ao longo do dia, dependendo de nossos hábitos e pouco ou nada tem a ver com as horas que você passou sem comer. Portanto, mesmo que você não acredite, é fácil e rápido de transportar. O primeiro dia será o mais difícil e será mais fácil para você suportar.

Além disso, existem outros estudos que analisaram como o nosso metabolismo reage durante um período de jejum e isso não apenas não diminui, mas aumenta. A razão para isso é que, durante o jejum, seu corpo secreta hormônios como adrenalina ou hormônio do crescimento e isso mantém seu corpo "acelerado" durante o dia.

Uma das dietas que aplicaram essa estrutura de jejum é a Coma Pare Coma, que consiste em jejuar por 24 horas durante dias alternados e, aparentemente, como vemos nos estudos, funciona. No estudo, os grupos que estavam em jejum intermitente conseguiram perder gordura após 8 semanas sem perder massa muscular.

Jejum 12/12

Outro sistema consiste em aguarde 12 horas entre as refeições. Isso é mais complicado de se adaptar às nossas vidas diárias, se escolhermos as horas diárias como "horas de jejum" (significaria não comer nada, por exemplo, das oito da manhã às oito da tarde).

Outra maneira mais simples de fazer isso seria jantando cedo ou atrasando um pouco o café da manhã, e deixando como horas de jejum o mais próximo de dormir e aquelas durante as quais dormimos. Essa estratégia já se mostrou eficaz quando se trata de perder peso e melhorar nossa saúde, pois nos ajuda a seguir os ritmos circadianos do nosso corpo.

Deixe O Seu Comentário