Publicações Populares

Escolha Do Editor - 2019

Não, três frutas por dia não é o máximo que você pode comer, mesmo que o digam no programa Karlos Arguiñano

Os mitos sobre nutrição estão em nosso cotidiano e, embora nos últimos anos, graças à crescente disseminação da nutrição, tenhamos banido alguns desses mitos, outros permanecem fortes. Ainda mais quando esses mitos são transmitidos através da grande mídia que atingem tantas pessoas quanto a televisão.

Se há alguns meses negamos que os carboidratos ganhassem mais peso à noite, depois de serem repetidos no MasterChef, hoje temos que negar e esclarecer um mito sobre frutas: "a fruta tem muito açúcar e você tem que controlar a quantidade que comemos."

Neste caso, esse mito foi repetido novamente em 12 de junho no programa Karlos Arguiñano. Não foi ele, mas seu companheiro Ainhoa ​​que disse: "não precisamos exceder os três pedaços de frutas por dia, porque são alimentos que contêm açúcar e podem" desequilibrar "nossa dieta um pouco se passarmos" e, durante esses dias, As redes repetiram a recomendação incorreta.

"NÃO ACREDITO QUE PERCA ESTE PROGRAMA"
Vamos ver, como mensagens como essa podem ser transmitidas na televisão?
❗️Então as coisas estão indo❗❗
Não? @Nutri_Daniel @GodblessNutri @alimmenta @NorteSalud @nutrinazi @NutricionXabe @NutricionconQ pic.twitter.com/rH6Vk3UC0T

- Juan Llorca (@LlorcaJuan) 26 de agosto de 2019

Nesse caso, Ainhoa ​​Sánchez colabora com o programa Karlos Arguiñano e, embora ela dê conselhos nutricionais, ela não é nutricionista. Como ela própria declara, é um intermediário de um médico. De qualquer forma, se tivermos perguntas específicas sobre nutrição, nossa melhor opção é sempre consultar os profissionais de nutrição.

Quanta fruta podemos comer e a que horas podemos comê-lo?

De fato, a fruta possui uma quantidade significativa de frutose, um tipo de açúcar, mas não um tipo de açúcar recomendado pela OMS para redução. O motivo simples é que a fruta, além da frutose, possui outros nutrientes, como fibras, que nos ajudam a metabolizar essa frutose para que não fique gordo. Ou seja, não engorda.

A única coisa realmente importante é que comemos toda a fruta e mordemos. Isso ocorre porque, dessa maneira, garantiremos o consumo de todos os nutrientes presentes, garantiremos que a fibra esteja intacta, para que a frutose seja bem metabolizada e também satisfaça muito mais.

A fruta, mordida, é muito gratificante, então é difícil imaginar que podemos consumir uma quantidade tão grande Como se fosse engordar. Há uma coisa a ter em mente: é melhor comer muitas frutas do que não comer nenhuma. Na hora que queremos.

O consumo de frutas tem lugar em qualquer dieta de emagrecimento e em qualquer dieta saudável. De fato, seu consumo está associado a uma maior perda de peso. Mesmo no caso de pessoas diabéticas, apesar do que se acredita, não foram encontradas evidências de que o alto consumo de frutas tenha impacto no controle glicêmico. Além disso, o consumo disso é recomendado. Devemos levar em conta, também, que o consumo de frutas tende a deslocar o consumo de outros alimentos menos saudáveis.

Nosso conselho específico é que, se você tiver que escolher entre comer o quarto ou o quinto pedaço de fruta ou, inversamente, algumas batatas fritas ou um pão, escolha sempre repassar os pedaços de frutas "recomendados", sem medo.

Deixe O Seu Comentário